• moriafm917

Bandeirantes “É a bola da vez do agronegócio” diz Esprotte


Bandeirantes já é olhado com olhos diferentes em Mato Grosso do Sul” afirmou o prefeito Gustavo Esprotte (DEM) durante entrevista na Rádio Moriá FM, na manhã desta quinta-feira. Esse novo olhar, segundo o prefeito interino bandeirantense advém do fato de o município estar se tornando celeiro do agronegócio. “É a bola da vez do agronegócio. O município que mais cresceu em área plantada com a soja e vai crescer mais e se desenvolver” disse o prefeito.


Na entrevistada, retransmitida também pelas rádios Diamante FM, de Corguinho, e Segredo FM, de Campo Grande, dentro do programa “Bronca do Eli”, o prefeito Esprotte disse que os gestores da administração municipal têm o dever de “acompanhar o desenvolvimento e construir o futuro de Bandeirantes que está acontecendo agora”.


Acompanhado do novo secretário municipal de Governo, ex-vereador Jair Pereira, o prefeito falou sobre diversas frentes de obras em andamento ou em fase de licitação, como a drenagem e asfaltamento da Rua Arthur Bernardes, “a Rua da Rádio”. Segundo ele, essa é uma obra em com o processo de licitação em andamento. “Até fim do semestre se iniciam as obras de asfalto e drenagem da Rua Arthur Bernardes até a Avenida Afonso Pena” relatou.


O prefeito também discorreu sobre parceria firmada com a Universidade Católica Dom Bosco – UCDB – para a participação em eventos culturais e esportivos, como a fase preliminar da Copa Morena de Futsal. Essa mesma parceria vai possibilitar que alunos de Bandeirantes possam ingressar em cursos superiores na instituição com bolsas de 50% ou mais.


Com convênios como este, ganha o município e ganham os munícipes com o oferecimento de um leque maior de opções culturais, esportivas e de lazer à comunidade” disse o prefeito que ainda lembrou do programa realizado três vezes na semana com atividades de esporte e cultura na praça da cidade. “São aulas de balé e de futebol por enquanto” registrou apostando que tudo vai voltar ao normal em breve, com segurança para as crianças, jovens e adultos.


O prefeito demonstrou preocupação com as crianças que, com a pandemia, ficaram ainda mais presas aos aparelhos celulares e soa notebooks. “Ainda hoje (quinta-feira) via uma reportagem sobre pais que não sabem mais o que fazer diante de situações de crianças que estão viciadas nos celulares” relatou.


Esprotte ainda comentou as ações de limpeza das ruas e bairros e afirmou que a região do estádio está sendo visitada pelas equipes da prefeitura. Disse que o estádio vai ser reformado, com recursos liberados pelo deputado federal Beto Pereira. “Serão executadas obras de iluminação e completa remodelação para que os bandeirantenses tenham mais uma área de lazer na cidade”.


Ele ainda lembrou que as equipes da Limpeza Pública estão retirando os entulhos que estão amontoados às margens dos lotes urbanos e reiterou que essa prática não será mais tolerada. “Estamos solicitando aos nossos concidadãos para que não depositem mais entulhos e restos de limpeza nas calçadas. Vamos retirar tudo o que já está amontoado pela cidade e futuramente um informe dará ciência à população sobre a realização de um novo mutirão de limpeza” disse.


O prefeito reafirmou ainda que a cidade vai passar por um trabalho de recapeamento de ruas jamais visto em sua história. “A Rua Presidente Médici, que era conhecida como a rua da vergonha de tanto buraco que tinha, já foi consertada. Assim como fizemos com ela, vamos realizar, em parceria com o Governo do Estado e o Governo federal um arrojado projeto de recapeamento que vai beneficiar moradores de 40 quadras da cidade” registrou. Outras 40 quadras serão recuperadas com recursos próprios municipais, ou seja, todas a ruas asfaltadas de Bandeirantes serão recapeadas nessa parceria com o Governo do Estado, Governo Federal e Cointa” enfatizou.


O prefeito abordou vários outros assuntos, dando destaque para o Distrito de Congonhas que ele considera como sendo a sua segunda casa. Ele diz que faz questão de ir ao Distrito duas ou três vezes por semana. Nesses quase quatro meses de administração, já promoveu a limpeza da área urbana do distrito e determinou o deslocamento de equipe de saúde, com médico especialista e farmácia básica ao local. Aos moradores também são oferecidas aulas de violão e de dança.


O prefeito anunciou que vai deixar uma ambulância à disposição do distrito para atender emergências que possam surgir na comunidade.


O prefeito ainda falou sobre o programa habitacional que beneficiou 30 famílias com o lote urbanizado. São famílias que receberão o material para iniciar a construção da tão sonhada casa própria. “Conseguimos mais 25 casas no programa Lote Urbanizado e em breve começamos a terraplanagem. Ao mesmo tempo, estamos tentando levar 10 casas desse programa para o distrito de Congonhas. Já temos os lotes que são do município” adiantou que ainda anunciou a reforma da escola José Bonifácio. “Hoje chove mais dentro do que fora. Vamos pintá-la. Na verdade vamos organizar o distrito que é muito importante para nosso município”.


Finalizando, ele falou sobre as ações que estão sendo e que serão executadas na área rural no âmbito da conservação de estradas e pontes rurais. Lembrou que junto com a equipe da Secretaria de Obras foi executado um planejamento para refazer todas estradas rurais e a primeira será a do Mimoso que será alargada e permitirá, além do escoamento da produção, acesso seguro aos municípios vizinhos de Corguinho e Rochedo.


Ele disse que as equipes do município vão atender os sete 7 assentamentos, os quais já foram visitados por ele. “Vamos participar junto com todos os assentamentos. Primeiro a estrada do Mimoso. Já iniciamos. Tá ficando boa. A população está elogiando. Nossas estradas só passam um caminhão. Temos que alargar. Melhorar as pontes” comentou lembrando que a ministra Tereza Cristina garantiu investimentos de 8 milhões em pontes de concreto este ano em Bandeirantes.


Fomos a Brasília e trouxemos muita coisa boa. Uma ponte de 40 metros ao custo de R$ 2,250 milhões e o município não vai gastar um real sequer, segundo a ministra Tereza Cristina que nos garantiu recursos para as pontes do Barreirão, do Pinhé e uma terceira ponte a ser construída em parceria com os governos do Estado e Federal” frisou.

0 visualização0 comentário