• moriafm917

Empresa de São Gabriel do Oeste é contratada para auxiliar Estado no combate a incêndios florestais


O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) anunciou nesta quarta-feira (23) em seu perfil nas redes sociais que já contratou uma empresa para auxiliar no combate aos incêndios florestais em Mato Grosso do Sul. "Esperamos não precisar, mas se for necessário, já temos horas de voo contratadas de uma empresa privada para nos auxiliar em incêndios florestais no Estado, sob a coordenação do Corpo de Bombeiros Militar" publicou Azambuja.


A empresa é de São Gabriel do Oeste, e segundo o governador, ofereceu o menor preço, além de estar realizando o treinamento especializado, para estar preparada caso seja acionada.


"Essa é uma ação de prevenção, juntamente com a aquisição de equipamentos e treinamento dos bombeiros. É uma preparação para termos melhores condições para o combate aos incêndios" finalizou o governador.


De acordo com relatório apresentado pelo Tenente Coronel Moreira, do Corpo de Bombeiros, Assessor Militar da Semagro, foram registrados 785 focos de calor em Mato Grosso do Sul de janeiro a 15 de junho de 2021, a maioria deles no Bioma Cerrado (60%) e 217 no Pantanal Sul-mato-grossense.


Esse menor número menor de focos de calor em todo o Estado é um resultado visível da nossa ação. Agora, no período mais crítico de incêndios florestais, de agosto a outubro, estamos preparados. Temos uma integração de todas as forças, temos a disponibilização de recursos para o combate e a disposição da coordenação do Corpo de Bombeiros para que eles possam atuar no combate direto e intensivo”, pontuou o titular da Semagro.


A previsão meteorológica para o segundo semestre de 2021 apresentada pela meteorologista Valesca Fernandes, coordenadora do Cemtec/Semagro (Centro Estadual de Monitoramento do Tempo e do Clima), mostra que o volume de chuvas em Mato Grosso do Sul nos meses de julho, agosto e setembro será de 40% a 50% abaixo do que é esperado para o período, de acordo com o modelo ECMWF.


O Corpo de Bombeiros Militar informou que, além da formação de novos militares e capacitação para o combate aos incêndios florestais, também já está recebendo os veículos e demais equipamentos que estão sendo adquiridos pelo Governo do Estado, num investimento total de R$ 56,6 milhões.

5 visualizações0 comentário