• moriafm917

Estado vai receber 40 mil doses da Janssen para dividir entre 66 municípios essa semana

Atualizado: Jun 29


Mato Grosso do Sul receberá carga com cerca de 40 mil doses da Janssen - que é de aplicação única - ainda esta semana para distribuir entre 66 municípios. Isso porque 13 municípios da fronteira irão receber 150 mil doses extras para imunizar toda a população adulta. Dessa forma, a partir dessa semana, as demais doses que chegarem serão divididas com as demais cidades.


Para o titular da SES (Secretario Estadual de Saúde), Geraldo Resende, informou que a data de chegada das doses deve ser informada ainda nesta segunda-feira (28) pelo Ministério da Saúde. "Nas próximas remessas, todos os municípios irão receber uma quantidade maior de vacinas", explicou.


Por exemplo, Campo Grande tem direito a 32% do total de doses que chegam. Isso significa que se MS receber 100 mil doses de vacina, a Capital fica com 32 mil. Com a nova distribuição, o município teria direito a cerca de 38% das doses pertencentes às próximas remessas, que proporcionaria uma possibilidade de avanço mais rápido no ritmo de imunização.


A vacina americana é de aplicação única e será utilizada para estudo epidemiológico conduzido pelo médico infectologista e pesquisador da Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz), Júlio Croda. O estudo será realizado pelo grupo Vebra Covid da Fiocruz (capitaneado por Croda), com apoio da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) e das universidades dos Estados Unidos de Stanford, Yale e Miami.


O especialista explicou que todos acima de 18 anos que ainda não foram vacinados com outros imunizantes receberão dose da Janssen. Os pesquisadores vão monitorar o impacto da vacina em relação a imunidade coletiva e vão comparar os dados com outros 13 municípios similares. Também serão monitoradas a incidência da doenças em crianças e adolescentes, que ainda não podem receber vacina.


A mobilização para que MS recebesse doses extras envolveu grande mobilização política. "Fizemos solicitação para a bancada federal, os senadores de MS foram ontem de manhã ao ministro, governador fez ligações, a ministra Tereza Cristina ligou ao ministro para termos esse fundo de reseva, tivemos apoio do Conass e Conassems. Todos participaram dessa conquista", disse o secretário estadual de saúde, Geraldo Resende.

9 visualizações0 comentário