• moriafm917

Figueirão proíbe consumo em bares e restaurantes e fecha praças


A prefeitura de Figueirão, município no nordeste do Estado, determinou novas medidas de restrição para minimizar o avanço da pandemia de Covid-19. O decreto foi publicado na edição desta terça-feira (9) do Diário Oficial da Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul).


O consumo de bebidas alcoólicas em espaços públicos está proibido. Restaurantes, lanchonetes, pizzarias e semelhantes estão proibidos de servir alimentos nos locais, devendo comercializar refeições apenas no sistema delivery até as 22h.

O toque de recolher é válido das 20h às 5h, com a circulação de pessoas neste período restrito a trabalhadores de serviços essenciais ou de cidadãos que desejam acessá-los.

As autoridades policiais podem conduzir pessoas à força e apreender veículos daqueles que violarem esta restrição.

Festas e qualquer tipo de evento ficam proibidos. Clubes aquáticos também não devem abrir. Academias podem permanecer abertas até as 20h, limitando o atendimento a três pessoas por hora/aula. Praças e parques públicos estão interditados.

Servidores públicos que testarem positivo para o novo coronavírus após viagem a outras cidades ficam sujeitos a não serem remunerados durante a quarentena, salvo em casos que estiverem a serviço da administração municipal. O decreto vale por 15 dias.

Figueirão tem 78 casos e três mortes causadas pela Covid-19, segundo dados da SES (Secretaria de Estado de Saúde). O município não tem vagas no mapa hospitalar da pasta, e a cidade mais próxima, Camapuã, tem apenas dois leitos clínicos.

4 visualizações0 comentário