• moriafm917

Prefeito comenta ida a Brasília e anuncia retorno das aulas presenciais


As aulas presenciais nas escolas da Rede Municipal de Educação, em Bandeirantes, só serão retomadas depois da chegada do mês de abril. A informação foi passada pelo prefeito interino Gustavo Sprotte (DEM) que esteve na manhã desta segunda-feira, 22, no estúdio da Rádio Moriá FM, onde foi entrevistado no programa “Bronca do Eli”, também retransmitido pelas rádios Diamante FM, de Corguinho, e Segredo FM, de Campo Grande. Ele ainda falou sobre os resultados de sua visita a Brasília na semana passada.


No plano da educação, ele disse que, inicialmente, as aulas presenciais estavam previstas para serem retomadas no dia 1º de março. Porém, com o aumento de casos de Covid-19 e o surgimento de novas cepas do Novo Coronavírus, a Secretaria Municipal de Educação realizou uma pesquisa junto à população e se chegou à decisão de que é melhor adiar o retorno às aulas como medida de segurança.


É melhor prevenir do que remediar. Foi a população quem decidiu junto com a gente o adiamento por mais algumas semanas do retorno às aulas presenciais” explanou o prefeito.


Gustavo Sprotte também destacou que a municipalidade está tomando todas as medidas de prevenção preconizadas pelas autoridades sanitárias, não só na Secretaria de Educação, mas em todas as pastas da administração municipal. “Manter o distanciamento social, o uso obrigatório de máscaras e a higienização das mãos, entre outras medidas são normas que aprendemos nessa nossa luta diária contra a pandemia” disse.


Ressaltando mais uma vez que o município vai contratar um plano de sanitização dos ambientes municipais, como as secretarias e autarquias, o prefeito interino afirmou que Bandeirantes tem 43 casos confirmados de Vocid-19, com várias pessoas recuperadas. Ele disse que as vacinas estão chegando ao município em quantidade pequena, porque a distribuição é feita com base no número de habitantes. “Mas, estamos cumprindo todos os critérios e etapas do Plano Nacional de Imunização” frisou.


Sobre sua visita a Brasília, Sprotte reiterou a ida ao gabinete do senador Nelsinho Trad (PSD), onde foram levados diversos projetos elaborados pela equipe técnica da Prefeitura Municipal. “Levamos projetos prontos, pois, temos uma equipe competente e sentimos que muitos dos projetos apresentados serão viabilizados ainda no decorrer deste ano.


Gustavo Sprotte se mostrou muito empolgado com o apoio dado pelo senador Nelsinho. “Ele {Nelsinho Trad} disse que Bandeirantes é a sua segunda cidade” afirmou e relatou que entre outras conquistas já asseguradas poderia elencar asfalto e drenagem na Avenida Afonso Pena e até a Rua Luís Soares, com investimentos da ordem de aproximadamente 12 milhões de reais.


Segundo Sprotte, o senador já encaminhou pedidos de emendas que vai beneficiar a cidade com asfalto e drenagem de várias ruas, permitindo à administração municipal concluir obras que se encontram paralisadas.


No âmbito do Programa “Brasil em Campo”, está garantida a construção de um grande Centro Poliesportivo em Bandeirantes, com campo de futebol suíço, quadras poliesportivas, centros de caminhadas, pista de skate, academia de saúde, entre outros equipamentos.


Trata-se de um projeto com um orçamento de mais de 1,5 milhão de reais que serão viabilizados pelo senador Nelsinho Trad e pelo deputado federal Beto Pereira (PSDB). Segundo prefeito, o município oferecerá como contrapartida uma área de 2,4 hectares onde o Governo federal construirá o Centro Poliesportivo. “Investir no esporte é investir em saúde, pois esporte é vida” diz o prefeito.


Ainda com o deputado federal Beto Pereira, Sprotte conseguiu a alocação de recursos para o asfaltamento do restante da Rua Arthur Bernardes até acima da rádio, assim como das ruas laterais que a cortam. Ele anunciou o lançamento oficial da obra num prazo de 40 dias e disse que muitos moradores bandeirantenses serão beneficiados com mais quadras de asfalto e drenagem.


Já a senadora Soraya Thronicke (PSL) também se comprometeu ajudar o município com recursos para asfalto e drenagens urbanas, além de investimentos para a saúde e apoio a um arrojado projeto para a implantação de uma nova estação rodoviária em Bandeirantes. “São projetos grandes, de valores elevados. Estamos plantando para colher lá na frente” disse ao anunciar que os projetos entregues à senadora Soraya somam mais de 20 milhões.


Foi muito produtiva a nossa ida a Brasília. Estamos plantando para colher no futuro. De imediato, conseguimos bons resultados, mas no médio e longo prazos serão muitos os investimentos que beneficiarão a nossa população” contou.


Gustavo Sprotte também abordou rapidamente os investimentos que estão sendo feitos no município por meio de uma parceria com o Cointa, presidido pelo prefeito de Sonora, Enelto Ramos da Silva (DEM). . Obras de recapeamento das ruas de Bandeirantes estão sendo executadas por meio dessa parceria com apoio do governador do Estado, Reinaldo Azambuja (PSDB) e do secretário Eduardo Riedel.


Por meio dessas parcerias a rua do Laticínio, a Rua Médici, será recapeada de ponta a ponta. Estamos pedindo um aditivo de 22% junto ao Governo do Estado para que o restante das ruas da cidade possam ser todas recapeadas em parceria, através do Consórcio. Vamos recapear o restante das ruas com investimentos de aproximadamente 800 mil” afirmou.


Sprotte diz que quer aproveitar sua estada na Prefeitura Municipal para preparar o município para o futuro. Por isso, não desanima da luta pela implantação do parque industrial, a meta número 1 de sua administração, haja vista que Bandeirantes está estrategicamente localizada próxima de Campo Grande, sendo cortada por uma das principais rodovias do país, a BR-163. “E o nosso sonho desde nosso primeiro dia de mandato é de promover a geração de emprego e renda em nosso município” diz.


Ele ressaltou outra vez om encontro com a ministra Tereza Cristina a quem pediu a doação de uma área do Governo Federal de 40 hectares para a implantação do parque industrial.


A área pertence ao extinto IBC – Instituto Brasileiro do café – está para ser negociada pelo Governo Federal. “Está em cima da mesa dela. Articulamos com a ministra Tereza Cristina e com a senadora e Soraya e elas vão nos ajudar a ganhar a área para montar o polo industrial e talvez até o parque de exposição, afinal, são 40 hectares pertinho da cidade” disse o prefeito confiante de que o presidente Bolsonaro vai se sensibilizar e doar a área para Bandeirantes.


Ainda sobre a industrialização de Bandeirantes, o prefeito disse que a Energisa está terminando trabalho de rebaixamento da rede e deixando a cidade apta a receber empreendimentos industriais. Confirmou que a obra deve ser inaugurada nos próximos meses e reafirmou a chegada de uma empresa do Rio Grande do Sul que vai se instalar na cidade, gerando 62 empregos diretos.


Finalizando, o prefeito falou do apoio da administração municipal ao homem do campo. Ele disse que o município está atendendo os produtores rurais, principalmente nos pontos mais críticos, como a região do Mimoso e a MS-245. “Os produtores precisam escoar a safra de soja e nós temos uma parceria muito forte com o produtor rural” disse o prefeito lembrando que o município busca parceria com o Governo do Estado, através do Riedel que assumiu a Secretaria de Obras nesta segunda-feira, 22. “Já explanamos ao secretário Riedel os problemas das estradas e ele se mostrou sensível, tanto que já tem máquinas do Estado nos ajudando nos serviços emergenciais. Vamos ajudar todo produtor rural que precisar de estrada para escoar a safra” finalizou o prefeito.

16 visualizações0 comentário